País registrou 2.718 mortes pela doença.

Coreia do Sul é o segundo país mais atingido, com cerca de 1,2 mil casos registrados.

Equipe de saúde coloca roupa protetora contra o novo coronavírus em Wuhan, na China, no dia 24 de fevereiro. China Daily via Reuters A China registrou, nesta quarta-feira (26), 78.190 casos de Covid-19, a doença causada pelo novo coronavírus.

Com o aumento no número de casos - são 411 a mais que no último levantamento -, o país decidiu que turistas de países atingidos passarão por quarentena de 14 dias ao visitar Pequim, a capital.

Veja destaques de Covid-19 nesta quarta (26): No Brasil, um homem de 61 anos foi diagnosticado, em um primeiro exame, com o novo coronavírus.

O caso aguarda uma contraprova, prevista para sair nesta manhã. Na Europa, a Itália confirmou mais uma morte pelo vírus, aumentando o total para 12, e morreu o primeiro cidadão da França.

Na Alemanha, um homem infectado está em estado grave.

A Áustria investiga uma morte que pode estar ligada ao vírus, e a Grécia confirmou o primeiro caso da doença. A Coreia do Sul registrou 1.261 casos da doença, segundo a Associated Press.

É o segundo país a ter mais de mil pessoas infectadas.

Um soldado americano no país foi diagnosticado com a doença. Com 139 casos e 19 mortes, segundo último levantamento do governo, o Irã é o país com a maior quantidade de vítimas fatais depois da China. Coronavírus: sintomas, risco no Brasil e tudo o que se sabe até agora Initial plugin text