Na segunda-feira (24), o Ministério da Saúde ampliou para 16 o número de países considerados para a avaliação dos casos suspeitos — incluindo a Itália, país que registrou nova alta no número de confirmações de Covid-19.

Coronavírus foram batizados assim por causa das pequenas 'coroas' na superfície Getty Images via BBC O Ministério da Saúde informou nesta terça-feira (25) que permanece em quatro o número de casos suspeitos no Brasil de Covid-19, a doença do novo coronavírus.

Subiu para 55 os casos descartados. Dos quatro casos suspeitos, todos foram registrados no estado de São Paulo.

O caso que era investigado no estado do Rio de Janeiro foi descartado nessa terça. O Ministério da Saúde também ampliou os critérios para definição de casos suspeitos, com o aumento da frequência do novo coronavírus na Europa, sobretudo na Itália, e no Oriente Médio. VEJA TAMBÉM: Itália isola cidades e Irã anuncia mortes Agora, quem chega de 16 países e apresenta febre e outros sintomas típicos de doenças respiratórios, entra nessa definição.

Veja a lista completa abaixo: Alemanha Austrália China Coreia do Sul Coreia do Norte Camboja Emirados Árabes Unidos Filipinas França Irã Itália Japão Malásia Tailândia Vietnã Singapura Quarentena em Goiás Grupo caminha rumo ao embarque para seus estados após quarentena Vitor Santana/G1 O grupo que estava há 14 dias na Base Aérea de Anápolis, a 55 km de Goiânia, deixou a quarentena na manhã de domingo (23).

As 58 pessoas, entre repatriados e equipe técnica de apoio, chegaram ao Brasil no dia 9 deste mês, vindos de Wuhan, epicentro do novo coronavírus na China. A previsão inicial era que o grupo ficasse isolado por 18 dias, mas a liberação ocorreu antes, após o terceiro e último exame apontar que ninguém foi contaminado pelo coronavírus. Mortes e casos pelo mundo Homem usa máscara para se proteger do coronavírus na praça da catedral de Milão, na Itália, nesta segunda-feira (24) Luca Bruno/AP Na China, o epicentro da doença, há mais de 77,6 mil casos e mais de 2,6 mil mortes, enquanto o número de infecções e mortes continua subindo em outros países, com destaque para as situações de Coreia do Sul, Irã e Itália. No mundo, são 2.101 pacientes que estão com o novo coronavírus, 389 a mais que no último levantamento, e 24 pessoas já morreram. Mais destaques do Covid-19 nesta terça (25): Nas Ilhas Canárias, arquipélago espanhol, um hotel em Tenerife com 1.000 turistas foi colocado em quarentena depois que um hóspede foi diagnosticado com Covid-19. O Irã confirmou 16 mortes pela doença no país, o maior número fora da China, onde começou o surto.

Pelo menos dois funcionários do governo estão infectados. Sobe para 11 o número de mortes por coronavírus. Veneza cancelou os dois últimos dias do carnaval OMS descartou 'pandemia' para coronavírus Casos de coronavírus pelo mundo, incluindo Líbano e Israel, até a sexta-feira, 21 de fevereiro Arte/G1 Initial plugin text