A fiscalização ainda emitiu 619 documentos fiscais, entre notificações, autuações e diligências.

Equipe do Departamento de Fiscalização em bar em Juiz de Fora Prefeitura/Divulgação A Prefeitura já interditou seis estabelecimentos até esta quarta-feira (3) por descumprimento do decreto que determina as medidas de prevenção ao coronavírus em Juiz de Fora.

A fiscalização ainda emitiu 619 documentos fiscais, entre notificações, autuações e diligências.

Segundo informações da Secretaria de Meio Ambiente e Ordenamento Urbano (Semaur), do total de documentos emitidos, 561 são notificações devido ao descumprimento de ao menos um item do decreto, 37 são diligências fiscais e 15 se referem a autuações. As principais denúncias recebidas pelo Departamento de Fiscalização da Semaur são referentes a bares, igrejas e academias.

No último final de semana foram 43 notificações, sendo 18 a bares e restaurantes, três a igrejas e templos religiosos e duas a academias. O Departamento de Fiscalização da Semaur tem atuado diariamente, inclusive à noite e nos finais de semana. Interdições Entre as interdições realizadas pela Prefeitura, o G1 divulgou na semana passada que as lojas da Havan e Americanas foram fechadas por descumprimento das medidas de prevenção ao coronavírus.

Nesta quarta, a Havan teve uma liminar para reabertura negada pela Justiça. Initial plugin text