Passageira de ônibus é presa com três tabletes de haxixe escondidos em almofada, em Presidente Venceslau

O flagrante foi realizado pela equipe de TOR “A”do GP/TOR da 2ª Cia, na Raposo Tavares

(Foto: Portal Bueno / Polícia Rodoviária)

Por volta das 23h30 da última quarta-feira (10), a Polícia Militar Rodoviária prendeu uma mulher por tráfico de drogas, em Presidente Venceslau. Ela transportava três tabletes de haxixe num ônibus de linha regular, que foi abordado na Rodovia Raposo Tavares (SP-270).

O flagrante foi realizado pela equipe de TOR “A”do GP/TOR da 2ª Cia, na altura do quilômetro 616 +500 da Rodovia.

No local, os policiais abordaram um veículo coletivo com itinerário entre Ponta Porã (MS) a São Paulo/capital, com 19 passageiros. Entre eles, a passageira ocupante da poltrona 45 “apresentou grande nervosismo, além de respostas desencontradas sobre os motivos de sua viagem, o que motivou a realização de uma busca minuciosa em seus pertences”.

Com isso, foram localizados os três tabletes da droga, que corresponde a 3,060 quilogramas, armazenados numa almofada.

De acordo com informações do policiamento rodoviário, em entrevista, a indiciada, alegou que ganhou a almofada de um tio, no município de Coronel Sapucaia (SP), e levaria a respectiva para sua residência, no rio de Janeiro. “Indagada a respeito do conhecimento da droga, informou que não tinha o conhecimento”, disse a corporação.

A ocorrência foi apresentada na Delegacia de Polícia Civil de Presidente Venceslau, onde o delegado de plantão ratificou a voz de prisão, elaborou o Auto de Prisão em Flagrante Delito.

A indiciada permaneceu à disposição da justiça naquela distrital, para posteriormente participar de audiência de custódia e encaminhamento a unidade prisional.

Portal Bueno.

Comentários